Tudo o que você precisa saber sobre Peeling Químico

Bem Mais Estetica Tudo o que voce precisa saber sobre Peeling Quimico

A exposição constante ao sol, assim como a idade e outros efeitos naturais ou artificiais, acabam por danificar a sua pele ao longo dos anos. Optar por tratamentos que proporcionam o  rejuvenescimento e mais beleza para o tecido vem sendo, cada vez mais, o alvo de mulheres e homens que se preocupam com a sua aparência. O Peeling Químico está entre esses processos estéticos e pode ser a melhor opção para você. Descubra mais!

O que é Peeling Químico?

Esse tratamento estético é feito a partir de uma solução química que suaviza consideravelmente a aparência da pele e elimina tecidos danificados na mesma região. É mais comum aplicar o Peeling Químico na face, mas ele pode ser cuidadosamente direcionado à outras partes do corpo também, como mãos, pescoço, entre outras.

A solução é feita utilizando elementos como o fenol, ácidos alfahidróxidos e ácido tricloroacético. Cada um dele tem um papel especifico no tratamento e será aplicado conforme a necessidade de cada cliente. Como resultado, você terá um rosto muito mais sedoso, bonito e jovem.

Peeling Químico x Peeling de Diamante

Apesar das pessoas confundirem, o Peeling de Diamante é um procedimento  bem diferente do Peeling Químico e pode até causar uma certa dúvida na hora de decidir entre um tratamento ou outro.

No caso do primeiro tratamento, em vez de eliminar os tecidos desgastados da sua pele, ele vai renovar as células, fazendo com que o tecido seja recuperado. É um tipo de peeling mais superficial e indicado para casos mais amenos de acnes e manchas.

Vale analisar com a clínica de estética qual é o peeling mais indicado para o seu caso antes de decidir pessoalmente qual dos dois tipos usará. Em alguns casos, também é possível fazer os dois tratamentos de peeling em conjunto, levando um resultando com muito mais benefícios para sua pele.

Benefícios do Peeling Químico

O Peeling Químico pode ser utilizado para diversos tratamentos, como por exemplo:

  • Acnes ou até mesmo cicatrizes que surgem na pele a partir das acnes;
  • Manchas de sol;
  • Problemas de pigmentação na pele;
  • Cicatrizes;
  • Pele com problema de descamação;
  • Pele áspera;
  • Sardas.

Já citamos também em outro artigo como é possível tratar as rugas com o peeling químico. Para ajudar a melhorar ainda mais o aspecto da sua pele, é possível associar o Peeling Químico com uma limpeza de pele mais profunda.

Contraindicações para tratamento com Peeling Químico

Mesmo sendo um tratamento estético sem muita agressividade à pele, ainda assim se faz necessária uma avaliação para saber se você tem o perfil indicado para o procedimento. Entre as contraindicações para o Peeling Químico estão:

  • Pessoas com manchas suspeitas de doenças;
  • Verrugas na face;
  • Pacientes com cabelo ruivo (natural);
  • Pacientes com pele muito clara;

Evitar a exposição demasiada ao sol e se hidratar são alguns dos cuidados que tratamento estético necessita. Por isso é sempre importante fazer uma consulta com um especialista, antes de realizar o tratamento, para tirar todas as suas dúvidas sobre o procedimento e saber de todos os cuidados necessários.

Você já conhecia o Peeling Químico? O que acha do tratamento? Deixe seu comentário e compartilhe a sua opinião conosco!

Aproveite e faça o download gratuitamente do nosso ebook “Projeto Verão para a vida toda” e aprenda como ter a pele e o corpo sempre bonitos!

WhatsApp chat