Adeus, tattoo! Conheça o tratamento de remoção de tatuagem a laser

Em nosso primeiro post desta série, você pode comprovar que fazer uma tatuagem é algo muito sério, pois é um desenho que, além de ficar na sua pele por muito tempo, pode ter um resultado bem longe do esperado.

Por isso, hoje vamos te mostrar um dos meios mais eficazes para remover aquela tatuagem indesejada: o laser! Dentre as opções disponíveis no mercado está o laser RevLite e hoje vamos conhecer um pouco mais sobre esta tecnologia.

Tratamento eficaz para remoção

Até alguns anos, para se ter uma tatuagem removida existiam apenas dois procedimentos: a dermoabrasão (raspagem) e a retirada cirúrgica. Esses procedimentos, apesar de serem utilizados até hoje, substitui a tatuagem por uma cicatriz bem parecida com uma queimadura.

Recentemente, o desafio da medicina foi superado e as tatuagens podem ser removidas com o mínimo de agressividade à pele com a técnica de remoção de tatuagem a laser.

A ciência por trás desse procedimento é fascinante. A tinta utilizada para se fazer uma tatuagem contém metais pesados, como cádmio, cromo e sais de magnésio, que são depositados na derme através de agulhas.

Essa tinta, por ser um corpo estranho ao organismo, ativa o sistema imunológico, que entra em ação para tentar removê-la. Porém, devido às partículas de tinta serem maiores que as células do sistema imunológico, as mesmas não conseguem ser absorvidas.

Na remoção de tatuagem a laser, a sua energia faz com que o pigmento da tinta se fragmente em partículas significativamente menores, permitindo ao nosso sistema imunológico absorvê-las com mais facilidade, sem causar nenhum dano nas camadas superiores da pele, sendo considerado o tratamento mais eficaz.

Número de sessões

Tudo vai depender da tatuagem a ser removidas. Desenhos feitos por amadores – que geralmente são pretos e atingem mais a camada superior da pele – são mais fáceis de serem removidos. Cerca de 5 a 10 sessões já podem resolver o problema.

Já tatuagens profissionais, em que as tintas das mais variadas cores chegam atingir várias camadas da pele podem demorar bem mais, cerca de 10 a 15 sessões. A notícia boa é que atualmente, as aplicações do laser já não são tão doloridas quanto antigamente e, dependendo do tamanho do desenho, o paciente tem a opção de receber uma anestesia local antes de iniciar o tratamento.

Remoção de maquiagem definitiva

O laser é uma tecnologia capaz de remover não apenas tatuagens, mas também manchas na pele, melasmas e maquiagens definitivas. A maquiagem definitiva também é um tipo de tatuagem, mas não tão profundas. Da mesma forma que uma imagem sobre a pele, ela pode ficar mal feita ou simplesmente, enjoar. Com o uso do laser, muito rapidamente é possível se livrar do pigmento da tinta nas regiões do rosto.

Cuidados para quem vai remover uma tatuagem

Como o processo de remoção de tatuagem é um tratamento longo, alguns cuidados são necessários antes, durante e após as aplicações do laser. Por exemplo, o intervalo entre cada sessão deve ser de 45 a 60 dias, isto para que a pele se recupere o suficiente para a próxima aplicação. Veja outras dicas pré e pós-aplicações:

  • Não exponha a região da tatuagem ao sol até uma semana antes ou depois da aplicação;
  • Não faca aplicações se possuir feridas abertas ou infecções locais;
  • Use sempre filtro solar na região em que o laser foi ou será aplicado.

Remover uma imagem que você não gosta mais, o nome de um ex-amor ou algo que te deixe constrangido é bem mais fácil hoje em dia. Com os cuidados certos e os números de sessões ideais, aquela tatuagem que virou um pesadelo pode deixar te dormir em paz novamente.

Quer conhecer outros tratamentos estéticos que utilizam o laser? Confira como funciona a depilação a laser e depilação com luz pulsada!

WhatsApp chat