depilação com luz pulsada: acabe de vez com os pelos indesejados

19/03/2015

Se tem uma coisa que é comum entre a grande maioria das mulheres é a dificuldade em lidar com os pelos. Todo mês é aquele sacrifício, sofrer com a cera nas pernas, virilha, no buço e dependendo dos casos a depilação tem que ser feita em menos de 20 dias.

Ou pior, ter que recorrer ao uso da lâmina, mas ficar com o pelo mais grosso, muitos deles encravados e aquela aparência avermelhada, cheia de bolinhas. O uso da gilete é ainda mais complicado, pois deve ser feito praticamente toda semana.

Certamente as mulheres não querem mais hoje em dia continuar reféns destes métodos de depilação super antigos e ultrapassados, que causam dor e desconforto. É por isso que hoje vamos te contar tudo sobre a depilação com luz pulsada com luz intensa pulsada, uma solução que surgiu pra deixar nossa pele bem mais lisinha e nossos dias mais tranquilos.

Como funciona a depilação  com Luz Intensa Pulsada

A luz intensa pulsada é parecida com um laser, mas o tratamento é totalmente diferente. Esta luz é atraída pelo pigmento que dá cor ao pelo e através deste pigmento ela libera um calor bem rápido que causa a destruição total das células que são responsáveis pelo crescimento do pelo. A cada sessão os pelos vão ficando mais e mais fininhos, praticamente invisíveis a olho nu. Quanto mais preto e mais grosso, menos sessões serão necessárias, pois as chances de serem destruídos são maiores.

Quando bem feito, o tratamento pode ser definitivo, mas em alguns casos, pode haver necessidade de manutenção, pois algumas áreas do corpo podem sofrer alterações hormonais, e com isso, novos pelos podem aparecer.

As vantagens sobre outras técnicas

São muitas vantagens que a luz pulsada apresenta sobre as outras técnicas de depilação. A primeira e talvez mais importante, é que ela é praticamente indolor. O feixe de luz emitido sobre a pele é fraco e rápido, causando uma espécie de “choquinho momentâneo” quando aplicado. O paciente sai de cada sessão como se nada tivesse acontecido.

Outra vantagem é que a técnica pode ser aplicada tanto em homens quanto em mulheres e em qualquer região do corpo. Este método ainda deixa a região da pele mais macia, trata problemas de foliculite e não causa nenhum tipo de problema na pele.

Além disso, comparado às infinitas aplicações de cera, o tratamento com luz intensa pulsada tem ótimo custo benefício!

Dicas para quem deseja iniciar

Existem alguns casos em que é bom esperar um pouco para iniciar o tratamento, sendo eles:

  • Se você está com a pele bronzeada.
  • Se está grávida ou amamentando.
  • Se fez alguma cirurgia recente.
  • Se está fazendo uso de medicamentos fotossensíveis.
  • Se é menor de 13 anos.

É muito bom que você evite tomar sol por pelo menos 15 dias antes das sessões e após 3 dias da sessões. Durante pelo menos uma semana, também é indicado o uso de protetor solar na região que passou pelo tratamento.

Além disso, é recomendado que o pelo apresente no mínimo de 1 a 3 milímetros, de forma que a luz consiga ser absorvida por seu pigmento.

Por fim, lembre-se que resultado e o número de sessões vai depender de fatores como a cor de sua pele, cor do seu pelo, a área tratada e o estado hormonal, sendo necessárias, em média, 8 sessões do tratamento. Mesmo assim, as sessões são muito rápidas e o resultado pode começar a ser percebido desde a primeira aplicação.

E aí, o que você achou desta técnica? Vai apostar nela? Até a próxima!

 

WhatsApp chat