Criolipólise: Entenda o congelamento de gordura localizada

Bem Mais Estética Criolipólise Entenda o congelamento de gordura localizada

Livrar-se das gorduras acumuladas em diferentes partes do corpo é, sem sombra de dúvidas, um dos maiores sonhos que vivem homens e mulheres preocupados com sua forma física e visual estético. A medicina estética, por sua vez, já desenvolveu diversos métodos diferentes que atuam na manipulação do nosso tecido gorduroso, porém nem sempre com os resultados que esperamos manter a longo prazo.

A chegada da Criolipólise promete mudar completamente esse cenário, conquistando cada vez mais interessados nessa moderna técnica de congelamento de gordura. Nunca ouviu falar nela? Neste artigo vamos lhe explicar como ela funciona. Confira:

O que é o termo Criolipólise?

A Criolipólise é uma técnica de congelamento de gordura, criada por pesquisadores da renomada Universidade de Harvard. Esse congelamento é feito com a ajuda da emissão de baixas temperaturas, produzidas por um aparelho específico e aplicadas na superfície da pele do paciente.

Esses especialistas explicam que as células gordurosas, quando expostas a essas baixas temperaturas, são facilmente rompidas e, dessa maneira, eliminadas pelo organismo naturalmente pelo sistema linfático, ajudando a reduzir o percentual de gordura corporal de um indivíduo.

Como a técnica é realizada?

A remoção de células gordurosas do organismo só era possível com a ajuda de um procedimento cirúrgico extremamente invasivo, que é a lipoaspiração e, por isso, a criolipólise se tornou um fenômeno instantâneo no mercado de estética.

Os aparelhos que permitem a realização da técnica contam com ponteiras específicas que, uma vez em contato com a pele, realizam uma leve sucção do tecido externo, expondo essa parte do corpo a uma temperatura baixíssima, capaz de resfriar e romper as gorduras localizadas na região.

O rompimento acontece porque, ao contrário das células da pele e da musculatura, as células gordurosas são extremamente sensíveis ao frio, e são removidas do corpo por essa técnica sem danificar nenhuma outra estrutura corporal da região.

As ponteiras utilizadas, para ajudar a melhorar o resultado da técnica nos pacientes, têm formatos específicos para diferentes regiões do corpo, permitindo a melhor sucção do tecido que será resfriado naquela sessão.

Onde ela pode ser aplicada e por quem?

A criolipólise é uma técnica que pode ser aplicada em partes do corpo que recebem bem o formato das ponteiras, como nas pernas, braços, glúteos e abdômen e devem ser evitadas em tecidos mais frágeis, como o do rosto, por exemplo. Para garantir os bons resultados, esse procedimento deve sempre ser realizado por uma clínica estética de confiança.

Quais são as indicações e contraindicações para a técnica?

Vale a pena relembrar os interessados em usar a criolipólise para melhorar seu aspecto corporal, que essa técnica jamais deve ser vista como um tratamento para obesidade, mas sim para a remoção de gorduras localizadas em pacientes saudáveis e que realizam controle dietético e prática de atividades físicas regular.

A técnica é contraindicada em pacientes com doenças na pele, hérnias, hipersensibilidade ao frio, gestantes, obesos e indivíduos em período pós-cirúrgico. Para ter certeza de que esse é o procedimento ideal para você, uma consulta para avaliação é essencial.

Quem realiza a criolipólise espera contar com a remoção de gorduras localizadas em determinadas partes do corpo em apenas uma ou duas sessões. O cuidado com a alimentação e a prática de exercícios deve ser mantido para garantir os bons resultados.

Você já conhecia a criolipólise? Ficou interessado em realizar essa técnica? Tire suas dúvidas com a gente e confira mais dicas em nosso blog.

WhatsApp chat