Creme para estrias resolve?

Ao lado das rugas e das celulites, as estrias são um dos problemas estéticos que mais incomodam as mulheres – em especial as cariocas. E não importa se as estrias aparecem nas costas, nas coxas, na barriga, nos seios ou no bumbum, elas são bastante desconfortáveis, especialmente para a mulher que quer usar um biquíni ou uma roupa mais curta e decotada.

Vale ressaltar que as estrias são o resultado do rompimento das fibras de colágeno e elastina que, por sua vez, são responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele. Muito comum durante a gravidez e após alterações bruscas de peso, as estrias, sem dúvida nenhuma, abalam a autoestima de muitas mulheres.

A boa notícia é que existem algumas maneiras de amenizar o aspecto dessas estrias, incluindo o uso de cremes tópicos. Mas até que ponto esses produtos funcionam? Será que eles servem para tratar todos os tipos de estrias? Os resultados são rápidos? Confira mais sobre como atuam os cremes para estrias e se eles podem ajudar a resolver os seus problemas!

Os cremes antiestrias funcionam?

Depende! Os resultados do uso de cremes para estrias dependem diretamente dos ativos contidos na fórmula, da cor da estria, da profundidade dela, da disciplina na aplicação, do tempo de tratamento e, principalmente, do organismo de cada pessoa. Como cada tipo de pele responde de uma forma diferente a esses tipos de tratamentos estéticos, o que funciona efetivamente para uma mulher, pode simplesmente não dar certo para outra.

Quais ativos são melhores para tratar estrias?

O ativo que tem maior potencial para amenizar as estrias é o ácido retinoico. Essa substância estimula a formação de novas fibras de colágeno e isso ajuda a promover a regeneração da pele.

Cremes com fatores de crescimento na fórmula também funcionam, assim como os produtos com silício orgânico. Para completar, é importante recorrer a cremes com ativos hidratantes, pois apesar de não influenciarem no desaparecimento das estrias, eles ajudam a melhorar o aspecto da pele estriada.

Quanto tempo leva para os resultados surgirem?

Na verdade, nenhum creme para estrias é milagreiro. Como eles não funcionam instantaneamente, não é possível esperar por efeitos visíveis já na primeira aplicação desses produtos. Os benefícios não são notados da noite para o dia e é necessário paciência para que as estrias sejam realmente atenuadas.

O tratamento com creme para estrias tende a ser longo e a melhora da pele acontece de maneira progressiva. Primeiramente, as estrias avermelhadas, ainda em processo inflamatório, sumirão. Já as brancas, mais largas e antigas, demorarão a sumir.

Existem soluções mais efetivas?

Sem dúvidas! Apesar dos cremes para estrias funcionarem a longo prazo, sem garantias de resultados em todos os tipos de pele, existem tratamentos mais efetivos na eliminação dessas marcas. Boas opções de tratamentos estéticos para essa finalidade são as aplicações de peelings químicos de ácido glicólico, retinoico e ascórbico, a subcisão, o peeling de diamante, a carboxiterapia, a intradermoterapia, os tratamentos a laser e a luz pulsada. Todos esses procedimentos estéticos apresentam resultados melhores e mais rápidos no combate às estrias, quando comparados com o uso de cremes tópicos.

Você já usou creme para estrias ou fez tratamentos estéticos para amenizar a pele estriada? Como foram os resultados? Compartilhe suas experiências com a gente! Não se esqueça que, independentemente do tipo de tratamento que você vai seguir, é preciso contar sempre com o acompanhamento de uma clínica estética de confiança, para você ter resultados sempre satisfatórios e seguros para a sua saúde!

WhatsApp chat