7 problemas que o peeling químico resolve

O peeling químico é um procedimento estético não invasivo bastante popular no mundo inteiro. Famoso por promover a beleza e a juventude da pele de forma segura, prática e eficaz, esse tratamento estético faz sucesso entre mulheres que primam pela beleza e autoestima.

Vale ressaltar que esse tipo de peeling é realizado com ativos que possibilitam a descamação na cútis, conhecida como epiderme. O peeling superficial tem um efeito suave, com descamação fina e amenização de manchas, controle da oleosidade cutânea e melhora da textura da pele. Já o peeling médio tem uma penetração maior, ajuda a combater o fotoenvelhecimento e suaviza rugas. Quanto ao peeling profundo, é feito em peles muito marcadas por rugas e cicatrizes.

Como você pode notar, o mais bacana no peeling químico é que ele é multifuncional. Ou seja, é indicado para tratar diferentes tipos de problemas na pele, em estágios distintos da vida. Veja a seguir sete problemas que o peeling químico resolve e descubra tudo que ele é capaz de fazer pela beleza da sua cútis!

1 – Rugas e marcas de expressão

O peeling químico ajuda a amenizar os sinais do tempo,  combate a flacidez da pele e melhora o tônus cutâneo tornando as rugas mais suaves e discretas. Isso acontece porque quando qualquer agente esfoliativo é usado, as camadas superiores da cútis se renovam e descamam, gerando uma textura mais lisa por conta do esticamento da pele.

2 – Pele acneica tratada pelo peeling químico

A pele com acne também pode obter bons resultados com o peeling químico, especialmente quando a aplicação associa ácido lático, ácido salicílico e resorcina. Essa combinação de ativos afina a pele, controla a oleosidade, promove a esfoliação cutânea e ainda tem ação antisséptica, que evita a proliferação das bactérias.

3 – Pele manchada ou fotoenvelhecida

Em caso de manchas na pele provocadas pelo fotoenvelhecimento, o peeling químico profundo pode melhorar a textura e aparência da pele, pois remove quimicamente  as camadas envelhecidas  e ajuda na formação de uma pele nova, uniforme e sem manchas. É importante salientar que a depender da cor e estágio da mancha, outros tratamentos, como o laser ou o peeling físico (cristal ou diamante) podem ser mais efetivos do que o peeling químico no clareamento da pele.

4 – Falta de viscosidade

Caso a sua pele esteja cansada, opaca e sem viço, o peeling químico superficial pode te ajudar a resolver esse problema, pois possivelmente a sua camada de células envelhecidas já está muito espessa. Nesse caso, o peeling vai promover  a regeneração celular em poucas sessões.

5 – Excesso de Oleosidade na pele

O peeling químico com o ácido salicílico é uma excelente pedida para controlar a oleosidade da pele e regular o trabalho das glândulas sebáceas. Para completar, esse ácido tem poderosa ação queratolítica, isto é, ele afina a pele,  alivia cicatrizes e rugosidades.

6 – Cicatrizes e marcas mais profundas

Quando a pele tem cicatrizes e marcas profundas, o peeling químico também pode ser a solução. Os peelings com ácido tricloroacético ou fenol, por exemplo, removem a camada externa da pele (epiderme) e amenizam muito o aspecto das cicatrizes – inclusive das indesejadas cicatrizes causadas pela acne.

7 – Olheiras nunca mais

O peeling químico também pode ser um verdadeiro aliado no combate às olheiras. Esse procedimento induz à descamação da pele e após algumas sessões na região abaixo dos olhos ele aumenta a produção de colágeno, possibilita uma reforma celular e, consequentemente, ameniza o indesejável aspecto escuro das olheiras.

Agora que você já sabe o bem que o peeling químico é capaz de fazer à pele, procure uma clínica estética no Rio de Janeiro para realizar o procedimento de maneira segura e poder usufruir de todos os benefícios desse tratamento. Com apenas cinco sessões já será possível ver a cútis bonita e sedosa por conta da regeneração celular promovida pelo peeling.

 

E você, já realizou algum peeling? Possui algum dos problemas resolvidos pelo peeling químico ou alguma dúvida sobre eles? Aproveite os comentários abaixo e esclareça com um de nossos especialistas!

 

WhatsApp chat