6 dicas para quem quer fazer criolipólise

16/11/2016

Bem Mais Estética 6 dicas para quem quer fazer criolipólise

A criolipólise é o tratamento estético da vez. E não é para menos! Criado por pesquisadores da Universidade de Harvard, esse procedimento congela e elimina as células de gordura para mandar os indesejados pneuzinhos embora. Só para ter ideia, na primeira sessão, a diminuição da camada de gordura na área tratada pode chegar a 30%.

Apesar dos resultados serem extremamente satisfatórios, seguindo algumas dicas simples, é possível otimizar os efeitos da criolipólise, aumentando assim as chances de conquistar um shape sequinho e livre do excesso de gordura definitivamente. Quer descobrir que dicas são essas? Então vem com a gente!

1. Adote uma dieta balanceada

Normalmente, uma única sessão de criolipólise, no máximo duas, já é o suficiente para mandar para bem longe as gorduras que incomodam. Esse é um tratamento que não requer sessões de manutenção, porém, para que os efeitos sejam duradouros, a paciente deve adotar uma dieta equilibrada, a fim de evitar o ganho de peso. Infelizmente, alguns quilos a mais podem colocar o resultado da criolipólise a perder.

2. Pratique exercícios físicos regularmente

A atividade física também é importantíssima para turbinar os resultados da criolipólise. Se exercitar, além de proporcionar saúde e bem-estar, é uma prática que acelera o metabolismo, logo, fundamental para a rápida diminuição da gordura localizada na área trabalhada durante a sessão de criolipólise. Vale destacar que as atividades físicas contribuem ainda na eliminação de toxinas, melhorando diretamente o funcionamento do organismo.

3. Faça drenagem linfática para melhorar os resultados da criolipólise

Depois de passar pela criolipólise, sessões de drenagem linfática são mais do que bem-vindas. Após o procedimento, a drenagem ajuda a combater a retenção de líquido, promove a eliminação das toxinas acumuladas e estimula o trabalho circulatório. Para completar, a drenagem linfática favorece a expulsão da gordura congelada e morta durante a sessão de criolipólise.

4. Tome no mínimo dois litros de água por dia

Outra dica simples, que pode fazer toda diferença nos resultados da criolipólise, é a ingestão de, no mínimo, dois litros de água por dia. Consumir a quantidade adequada de água ajuda o organismo a desempenhar melhor as suas funções. Inclusive, o sistema linfático passa a trabalhar melhor e, com isso, a eliminação de gordura é mais efetiva.

5. Realize o procedimento em uma boa clínica

Para aumentar a eficácia e segurança da criolipólise, é fundamental realizar o procedimento em uma boa clínica estética. O local deve ser bem estruturado, precisa atender às normas de biossegurança, contar com aparelhos modernos e ter uma equipe composta por profissionais qualificados, experientes e competentes.

6. Certifique-se de que você está no peso ideal

A criolipólise não faz milagres! Para evitar frustrações, é fundamental que você saiba que esse procedimento não é indicado para quem é obeso ou está acima do peso. Sendo assim, antes de realizar esse procedimento, certifique-se de que você está no peso ideal, afinal, esse procedimento é recomendado para acabar com o excesso de gordura, aqueles pneuzinhos que dieta e academia não dão conta de eliminar.

E aí, você vai colocar as nossas dicas em prática para melhorar os resultados da criolipólise? Conhece algum outro truque para otimizar os efeitos dos procedimentos estéticos? Compartilhe conosco através dos comentários!