4 tratamentos estéticos para acabar de vez com as olheiras

Só quem tem olheiras sabe o quanto o tom arroxeado e as bolsas abaixo dos olhos são incômodos.  Sejam as olheiras ocasionadas por fatores genéticos, estresse, noites mal dormidas, alergias respiratórias ou flacidez na região, o fato é que elas realmente comprometem o visual.

Frequentemente, quem tem esse problema costuma recorrer a cremes tópicos ou se torna refém do corretivo facial. Temporarias e superficialmente, essas alternativas ajudam a amenizar as olheiras. No entanto, a resolução não é definitiva. A boa notícia é que, com os avanços tecnológicos surgiram soluções mais efetivas e duradouras. Conheça abaixo os quatro tratamentos estéticos que podem acabar com as olheiras de vez!

Peeling químico para acabar de vez com as olheiras

O peeling é um dos tratamentos estéticos que auxiliam efetivamente no combate às olheiras, principalmente as hiperpigmentadas, causadas por fatores genéticos ou sangue parado na região. É o chamado efeito panda, temido por todas as mulheres cariocas.

Vale ressaltar que  a substância utilizada no peeling químico tem o poder de clarear a região e eliminar as manchas escuras. Normalmente, 10 sessões com peeling químico são suficientes para mandar as olheiras embora. As sessões devem ser realizadas uma vez por semana ou a cada 15 dias, conforme as orientações do profissional que  conduzirá o tratamento.

Drenagem linfática também gera resultados no combate às olheiras

Você pensou que a drenagem linfática era recomendada apenas para combater a retenção hídrica do corpo e eliminar medidas? Se enganou! Quando bem aplicada, essa técnica massoterapêutica pode melhorar – e muito – o aspecto da olheira. Uma drenagem linfática feita na face, na área dos olhos e na testa acaba aumentando a microcirculação local, eliminando o inchaço na região e, consequentemente, as manchas arroxeadas.

Esse tratamento é recomendado para olheiras edematosas e os resultados são bastante rápidos. Entretanto, para ser eficiente, o tratamento deve contemplar uma ou duas sessões semanais. Como os edemas são causados pelo estilo de vida (falta de sono e estresse), também é importante desacelerar sua rotina e procurar relaxar.

Luz pulsada: fototerapia contra as olheiras

A luz pulsada também é um tratamento perfeito para quem quer eliminar as olheiras, sejam elas hiperpigmentadas, profundas ou edematosas. Trata-se da fototerapia, indicada especialmente para as olheiras com presença de vasinhos visíveis.

Há de se destacar que esse tratamento estético ativa a circulação de sangue estagnada na pálpebra e ajuda diretamente no clareamento das manchas. A luz pulsada, inclusive, também é usada para tratar manchas senis, melasma, marcas de sol, sardas, micro vasos, etc. De modo geral, são necessárias entre 7 e 10 sessões luz pulsada, havendo um intervalo de 30 dias entre elas. Os resultados são percebidos já nas primeiras sessões.

Carboxiterapia: para extinguir as manchas

A carboxiterapia apresenta ótimos resultados no tratamento de olheiras. Isso é possível porque tal procedimento estimula a produção de elastina e colágeno, eliminando a flacidez abaixo dos olhos, deixando a pele mais firme, mais clara, mais uniforme e mais bonita.

Na carboxiterapia, o gás carbônico é aplicado na região a ser tratada. A área, por sua vez,  responde a essa aplicação estimulando a cútis a fazer a renovação celular. Depois de 10 sessões, as olheiras praticamente somem.

E aí, você já conhecia esses tratamentos estéticos para acabar de vez com as olheiras? Já fez ou pretende fazer algum deles? Compartilhe suas opiniões, dúvidas e experiências nos comentários abaixo. Temos uma equipe de especialistas prontos para esclarecer tudo o que você sempre quis saber!

WhatsApp chat